sábado, 7 de maio de 2011

acabe com a acne...

Tratando a acne
A acne é uma doença crônica da pele, tendo início na puberdade e podendo se estender até a idade adulta. Aproximadamente 90% dos indivíduos apresentam essa doença em algum momento da vida.
Ela pode ser apresentar de diversas formas, das mais leves a mais graves. Alguns pacientes, porém , além de tratarem durante anos das lesões inflamatórias, deparam-se com as marcas deixadas na pele. Isso pode afetar o paciente no âmbito pessoal ou profissional, por vezes diminuindo sua auto estima e predispondo a timidez e introspecção. As cicatrizes de acne podem ser superficiais ou profundas, largas ou puntiformes, distensíveis ou não.

Para cada tipo de cicatriz existe um tipo de tratamento específico. Lasers ablativos, aplicação focal de ácidos, subcisão, pequenas cirurgias e preenchimento com ácido hialurônico são alguns dos recursos que nós, dermatologistas, dispomos para amenizar esse problema.Após avaliar a pele do paciente, é discutido em conjunto as possibilidades de tratamento e expectativas de melhora.

Como tirar espinhas sem deixar marcas?

Parece até Lei de Murphy, mas basta chegar o dia de alguma festa para aquela espinha aparecer bem no rosto. Se você é daquelas que não consegue sair de casa sem dar fim à ela, fique atenta às dicas de Claudia Bastos, esteticista do Emagrecentro Grande Rio, para retirá-la sem que inflame, deixando abertura para a entrada de bactérias, ou fique marcada.
O primeiro passo é usar uma pomada ou gel emoliente para que a espinha amoleça. Se preferir, pode substituí-lo por chá de camomila, que tem essa propriedade e ainda é suavizante.
Depois, com as mãos limpas, comece a espremê-la no entorno, sempre usando um algodão. Para finalizar, lave o local com um sabonete adstringente para cicatrizar. Mas lembre-se: espremer espinhas é indicado somente se elas estiverem com a ponta amarelada e não faça com frequência.




Fonte:mdemulher.com.br/ Conteúdo do site ANAMARIA 


Postado por:

Um comentário: